terça-feira, 7 de março de 2017

O meu avô


Mais um desafio lançado pela editora Edições Vieira da Silva e mais uma vez aceite por mim.
Aqui fica mais uma sugestão de leitura, dedicada ao Natal e toda a magia que ele traz consigo,
É uma colectânea rica em histórias e poemas.

A minha história, pessoalmente, conta sentimentos reais que vivi e que choro cada vez que os revivo.

Boas leituras!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Vitamina N - A Solução para as nossas crianças


Há quem pense nisto.
Há quem imagine como seria se conseguisse praticar.
Há quem ache mal pois as crianças são... coitadinhas.
Há quem não concorde pois "Eu não tive nada, quero dar tudo o que não tive."
Há quem pratique naturalmente.
Há quem pratique com esforço.

No final todos colhemos os frutos do que plantamos.

Estamos a plantar adultos ativos, sociáveis, mental e emocionalmente capazes?

Sim. A nossa responsabilidade de adultos é criar os adultos de amanhã.
Quer queira quer não queira, a responsabilidade é nossa e não dos adultos de amanhã que são as crianças de hoje.

O que mais me custa hoje em dia é ouvir adultos e dizer "Porquê que ela é assim? Tinha que me calhar assim uma filha? Que cruz a minha..."
Pois... Não calhou assim uma filha... Fomos nós que, em algum momento, a criámos assim.
Quando digo "nós" não me refiro à mãe ou ao pai apenas. Falo de todos os adultos com os quais a criança convive, nem que seja uma hora por semana, só em aniversários ou Natal.

Somos humanos e o nosso objetivo de vida é sobreviver e somos a espécie especialista nisso utilizando o raciocínio lógico.

Se o tio me dá o que eu quero, mesmo depois dos meus pais me meterem de castigo porque fiz asneira, de alguma forma consigo alcançar o que quero, SEMPRE. Se não o conseguir, eles é que estão mal.

Boas vitaminas!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Porquê que todos os pais deveriam conhecer a Lãzinha?


Este título quase daria para um tema de uma Mixórdia de temáticas da Rádio Comercial!

Eu, muito felizmente, tenho o prazer de encontrar a Lãzinha praticamente todas as noites na minha sala.
E, quase todas as noites, sou lembrada por este personagem como é importante dar um abraço.

Mas, relembrando a questão inicial: Porquê que todos os pais deveriam conhecer a Lãzinha?

Porque esta pequena ovelha de peluche, da série de bonecos animados "Doutora dos Brinquedos", tem sempre uma abraço disponível para quem mais precisa.
Quando algum outro brinquedo procura a Doutora, a Lãzinha tenta resolver os problemas com abraços. A maioria das vezes resulta.
Não pelo abraço em si apenas, mas pela intenção de que tudo correrá pelo melhor e pela transmissão de pensamentos positivos e boas energias.

Claro está que, nesta fase, já deve estar a pensar "Nem tudo se resolve com beijos e abraços!". Já experimentou mesmo? É um exercício engraçado!
Mal não faz, porque não tentar?
O máximo que pode acontecer é nada. Quando estamos no meio de uma acesa discussão, é um bom desbloqueador de conversa.

Todos os pais deveriam conhecê-la por vários pontos de vista:

Pelo lado dos próprios pais, que chegam a casa cansados e só querem tomar aquele banho e vestir o pijama para, finalmente, sentar-se no sofá e ver um qualquer programa ou mexer no telemóvel sem destino e propósito.
Estes objetivos, quase todas as noites, não são possíveis de ser alcançados. Daí vem a frustração e uma vontade enorme de gritar com todos os que se colocam no nosso caminho. Normalmente são os filhos que ficam com este papel.
É uma forma fria de ver as coisas? É, mas é necessário ser realista para que se possa eliminar a fonte do problema ou, pura e simplesmente, resolvê-la para deixar de ser problema. Se a Lãzinha aparecesse nestas noites, o seu abraço resolveria tudo.

Pelo lado dos filhos que, no final do dia, só querem mesmo a atenção dos pais e, por isso, chamam a atenção de qualquer forma. Se a Lãzinha chegasse, um abraço resolveria esta necessidade de afeto.

Querem que continue os pontos de vista?

Em vez disso, deixo aqui uma pequena ilustração da distribuidora de abraços que tudo resolvem, para que se lembrem de abraçar alguém agora e resolver mais um problema.

Bons abraços!


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

O Ziki já está nas nossas salas!


Já traduzido para português, o Ziki já chegou às salas dos Jardins de Infância das crianças de 5 anos, de norte a sul do país.
O Programa Amigos do Ziki, de promoção para a saúde mental e emocional, já tem bons resultados nas várias salas.
Disso são testemunho algumas fotografias disponibilizadas no site:

Ver Galeria


E também algumas frases ditas e escritas pelas Educadoras que o aplicam nas suas salas:

Ver frases


Para saber mais sobre o programa, que começa agora a trabalhar o ano letivo 2017/2018, onde qualquer escola se pode integrar, basta visitar o nosso site:

amigosdoziki.pt

Ou contactar-nos através de:

Contacto


Aqui fica o convite, pois eu já embarquei nesta aventura de uma nova geração de literacia emocional.

Bons Amigos do Ziki!


domingo, 29 de janeiro de 2017

Carta ao Pai Natal


Este ano decidi partilhar as cartas ao Pai Natal de alguns dos alunos do Centro Educativo e de Formação Espaço Crescer (https://espacocrescer2012.wordpress.com/) no final do mês de janeiro pois nesta altura já ninguém se lembra do que foi pedido ou do que pediu. Pode ser que, pelo menos os pedidos não materiais, ainda se possam dar a quem pediu.
Aqui ficam:

Pai Natal, este ano gostaria de receber uma nave da Lego, porque me portei bem e porque fiz sempre os meus trabalhos de casa e tive boas notas.
Escrito por menino de 7 anos


Eu quero uma boneca.
Escrito por menina de 5 anos


Eu quero um carro de bonecas.
Escrito por menina de 5 anos


Eu quero receber uma bateria, porque me portei muito bem e tive boas notas a inglês.
Escrito por menino de 8 anos

                                                          
Letter to father Christmas:
Dear Santa Claus ,
This year I want some football boots and I want to have a PS4 Pro.
Escrito por rapaz de 13 anos


Quero uma Play Station 4 Pro.
Desejo amor, felicidade, carinho.
Quero uma mesa de bilhar.
Anónimo

Este ano desejo felicidade, amor e paz. Desejo que não exista guerra nem racismo, neste Natal gostava que todos fossem felizes e que as crianças mais pobres podessem ter um Natal como o meu, passado em família, com comida e com presentes.
Anónimo

Pai Natal, este ano quero prendinhas gostosas, quero felicidade, carinho e conviver com a família.
Quero também que os meus pais tenham esse espirito.
Quero também um PC Gamer  J
Escrito por rapaz de 12 anos

Querido Pai Natal, eu quero dois pares de chuteiras de bota e uma bola.
E este ano não quero estar doente.
Escrito por um rapaz de 12 anos



Olá, Pai Natal tudo bem? Espero que sim.
Eu neste Natal desejo paz; amor e harmonia no mundo! Bjs
Escrito por uma rapariga de 11 anos

Neste Natal eu queria que o Pai Natal me desse um telemóvel, ou até mesmo dinheiro que assim comprava ao meu gosto.
Também gostava de receber roupa.
O que eu queria mesmo muito era um Hoverboand só que elas são muito caras.
Escrito por uma rapariga de 14 anos

Pai Natal é inteligente.
Eu quero um carro de bonecas.
Escrito por uma menina de 7 anos


Quero, paz, amor, carinho, amizade.
Quero uma BMX, um avião e um carro, porque portei-me muito bem na escola e no ATL e quero desejar um Feliz Natal.
Escrito por menino de 8 anos


Gabriela e Anónima
Olá, meninas vocês são as melhores amigas que alguém pode ter.
Desejo-vos um Feliz Natal e um Bom Ano Novo.
Gabriela, eu adoro-te do fundo do coração, há algum tempo que nos conhecemos e tu surpreendeste-me. Obrigado! Adoro-te muito.
 Juntas para sempre
Anónima, eu conheço-te também há algum tempo e adorei-te logo. Achei que fosses minha melhor amiga, mas ninguém tem uma melhor amiga. Por seres quem és amiga, teimosa, carinhosa, refilona, fofinha. Amiga, adoro-te muito mesmo.
Bjs. :-P
Vocês juntas são as minhas melhores amigas
Juntas por tudo e por todos
Escrito por uma menina de 11 anos

                                          
Salto alto da Luna.
Salto alto da Violetta.
Unhas de Gel da Luna.
Unhas de Gel da Violetta.
Patins da Luna
Carteira de Smile.
Carteira da Violettta.

Escrito por menina de 8 anos 

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Estados físicos da água


Esta manhã, por onde passei, encontrei vários exemplos práticos da mudança de estado físico da água.
Ia-me lembrando dos nossos alunos de 5º ano, pois ao irem a caminho da escola poderiam lembrar-se dos conteúdos de Ciências Naturais, tendo aqui uma boa explicação e visualização das mudanças de estado.
Já eram quase 10h e tudo o que ainda estava à sombra estava coberto de gelo. As partes que eram atingidas com os primeiros raios de sol ou evaporavam, vendo-se mesmo este fenómeno acontecer, ou liquidificavam, vendo-se grandes gotas a pingar das árvores, arbustros, carros, muros e telhados.

Assim é o inverno por aqui.

Boas mudanças de estado!

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Iniciação à Língua Gestual Portuguesa

Já pensou nas competências que são desenvolvidas quando aprendemos uma nova língua?
E se for a nossa própria língua mas por gestos?
Basta perguntar aos alunos do Centro Educativo e de Formação Espaço Crescer (https://espacocrescer2012.wordpress.com/) o que sentem nesses momentos, pois são vários e sempre lembrados nas nossas férias escolares.
Aqui ficam alguns vídeos do resultado final destas férias de Natal (2016).













Boas comunicações!