domingo, 21 de janeiro de 2018

Perspetiva dos avós


A minha filha sempre teve azar, coitadinha.
Eu sempre lhe disse como as coisas eram, mas não me deu ouvidos... O azar foi ter com ela pois ela também se põe a jeito e parece que o procura.
Já a minha neta... Se fosse eu já lhe tinha dado umas belas palmadas e isso resolvia tudo.
Entretanto, como agora sou avó, posso fazer o que não se faz com os filhos: mimá-los até mais não e alinhar nas suas mentiras. A mãe que se oriente.
Se calhar podia ajudá-la educando como se educa um filho mas afinal de contas sou avó ou não sou?
Como a minha amiga disse "Os pais educam e os avós deseducam! Ehehe!"
Mas, agora que a psicóloga cá veio e me disse aquelas coisas que nem percebi bem, vejo que a minha neta melhoraria se fosse tratada de outra forma. A minha filha, é minha filha... Tentei fazer de tudo com ela e deu nisto. Não é o programa que vai alterar alguma coisa...
E, o dinheiro é sempre bem vindo, não vá  minha filha começar a pedir-me emprestado!!

Sem comentários:

Publicar um comentário